Finanças Públicas: Situação e Condicionantes 2018-2022 (Atualização)

A- A A+

Relatório n.º 11/2018


Setembro de 2018

Este Relatório atualiza as projeções macro-orçamentais elaboradas pelo Conselho das Finanças Públicas (CFP) para o período de 2018 a 2022, publicadas em março deste ano.

O CFP baseia as análises na informação disponível no momento, considerando a evolução observada e as medidas de política já adotadas ou especificadas com detalhe suficiente para poderem ser incorporadas nos exercícios de quantificação.

O cenário-base apresentado para o quinquénio assenta na hipótese de políticas invariantes, recorrendo o CFP aos seus modelos próprios e às projeções disponíveis a nível macroeconómico publicadas por instituições internacionais, pelo Ministério das Finanças e pelo Banco de Portugal para a economia portuguesa.

Para 2018, foram incluídos os efeitos das medidas consideradas especificadas  no Relatório da Proposta do Orçamento do Estado (OE/2018). Para o período até 2022, foi considerado o Programa de Estabilidade 2018-2028 (PE/2018), bem como os impactos esperados em 2018 e nos anos seguintes decorrentes de medidas implementadas em anos anteriores.

Documentos de suporte



Publicações anteriores

Riscos orçamentais e sustentabilidade das finanças públicas

Relatório n.º 08/2018
Julho de 2018

Análise ao Programa de Estabilidade 2018-2022

Relatório n.º 05/2018
Maio de 2018

Previsões macroeconómicas subjacentes ao Programa de Estabilidade 2018-2022

Parecer n.º 01/2018
Abril de 2018

Finanças Públicas: Situação e Condicionantes 2018-2022

n.º 02/2018
Março de 2018

Finanças Públicas: Situação e Condicionantes 2017-2021 – Atualização

Relatório n.º 7/2017
Setembro de 2017

A Gestão Orçamental em Portugal: aspirações em busca de soluções

Publicação ocasional n.º 4/2017
Setembro de 2017

Baixa produtividade: afetação de recursos e obstáculos ao crescimento das empresas na economia portuguesa

Publicação ocasional n.º 3/2017
Julho de 2017